Bixiga História do Bairro da Bela Vista e seus Palcos

Bixiga dos bares, das cantinas e da vida cultural intensa

www.oldgold.com.br

Bixiga é o bairro paulistano entendido como um dos mais tradicionais da cidade, embora na divisão administrativa da cidade ele não exista oficialmente como tal. Corresponde aproximadamente à região localizada entre as ruas Major DiogoAvenida Nove de JulhoRua Sílvia e Avenida Brigadeiro Luís Antônio, no distrito da Bela Vista, embora sua delimitação possa ser motivo de polêmica dependendo da fonte.

Formado por imigrantes italianos, ganhou importância histórica e turística na capital paulista. A tradição e a religiosidade italianas, que são fortemente mantidas e as inúmeras cantinas existentes no bairro são grandes atrativos turísticos. No bairro situa-se a sede da escola de samba Vai-Vai, que até hoje realiza ensaios pelas ruas do bairro.

História

O primeiro registro de ocupação da área é de 1559, como Sítio do Capão, de propriedade do português Antônio Pinto, e mais tarde passou a chamar-se Chácara das Jabuticabeiras, por causa do alto número de árvores dessa espécie. 

Nos anos 1820 um homem conhecido como Antônio Bexiga, por causa de suas cicatrizes de varíola (popularmente conhecida como “bexiga”), comprou as terras, o que é a explicação para o nome do bairro.

Por volta de 1870 Antônio José Leite Braga decidiu lotear parte de sua “Chácara do Bexiga”.

O loteamento já estava anunciado em 23 de junho de 1878 e foi inaugurado em 1 de outubro do mesmo ano

A inauguração desse loteamenton no Bixiga contou, então, com a presença do imperador Pedro II, que lançou a pedra fundamental de um hospital que, no entanto, jamais foi construído.

Lotes pequenos e baratos interessaram aos imigrantes italianos, pobres e recém-chegados ao Brasil, a maior parte deles vindos da Calábria, que não se interessavam por dirigir-se aos cafezais do interior do estado[1].

Com o intuito de afastar o sentido pejorativo do apelido dado ao bairro, seus moradores passaram a mudar a grafia de Bexiga para Bixiga. 

Outra explicação para a grafia seria uma adaptação ao jeito coloquial de se falar.

No começo do século XX, o bairro iniciou com seu status de reduto da boemia paulista ao receber diversos teatros (como o OficinaMaria della Costa e Sérgio Cardoso) e os amantes do samba, que tiveram como ícone local, Adoniran Barbosa.

LEIA MAIS SOBRE O BAIRRO DO BIXIGA AQUI ► WICKPEDIA

1 comentário em “Bixiga História do Bairro da Bela Vista e seus Palcos”

Deixe uma resposta