Chico e Gil, um bálsamo nestes tempos de tão feia realidade

Como é bom, nestes tempos de tantas coisas feias, poder receber o bálsamo destes dois GRANDES em nossas almas.

Cerca de 50 anos depois de sua composição, #GilbertoGil e #ChicoBuarque lançam uma nova versão de COPO VAZIO. A nova gravação surgiu em 2014 a partir do pedido de Andrucha Waddington, que filmava “Rio, Eu Te Amo” e precisava de uma trilha para a personagem “Dona Fulana”, interpretada por Fernanda Montenegro. Na ocasião, Gil e Chico foram para o estúdio e gravaram a faixa.

Copo Vazio foi composta por Gil a pedido de Chico nos anos 70 quando Chico sofria forte censura à sua obra e recorreu aos amigos para o disco “Sinal Fechado”.  Gil fala: “A letra faz uma viagem ao mundo das coisas sutis, transcendentes, mas suas primeiras frases são muito significativas em termos do que estava acontecendo: regime de exceção, censura, o Chico privado de sua liberdade artística plena!”

.

É sempre bom lembrar

Que um copo vazio

Está cheio de ar

É sempre bom lembrar

Que o ar sombrio de um rosto

Está cheio de um ar vazio

Vazio daquilo que no ar do copo

Ocupa um lugar

É sempre bom lembrar

Guardar de cor

Que o ar vazio de um rosto sombrio

Está cheio de dor

É sempre bom lembrar

Que um copo vazio

Está cheio de ar

Que o ar no copo ocupa o lugar do vinho

Que o vinho busca ocupar o lugar da dor

Que a dor ocupa a metade da verdade

A verdadeira natureza interior

Uma metade cheia, uma metade vazia

Uma metade tristeza, uma metade alegria

A magia da verdade inteira, todo poderoso amor

A magia da verdade inteira, todo poderoso amor

É sempre bom lembrar

Que um copo vazio

Está cheio de ar.

.

DIREÇÃO

Andrucha Waddington

DIRETOR DE FOTOGRAFIA

Adriano Goldman

PRODUÇÃO EXECUTIVA

Flora Gil

Renata Brandão

Ramona Bakker

GERÊNCIA DE PROJETOS

Andrey Marques

MONTAGEM

Sérgio Mekler

Yan Motta

DIREÇÃO EXECUTIVA DE PÓS-PRODUÇÃO

Adriana Basbaum

COORDENAÇÃO DE PÓS-PRODUÇÃO

Leo Moraes

CORREÇÃO DE COR

Sergio Pasqualino

RESOLVE

Marcelo Melo

PRODUÇÃO

Conspiração

#GilbertoGil #ChicoBuarque #CopoVazio

Deixe uma resposta