Peter Paul and Mary Discography – The Best Of Folk

Peter Paul and Mary Discography – The Best Of Folk

Peter, Paul and Mary foi um trio folk dos Estados Unidos, composto por Peter Yarrow, Noel Paul Stookey e Mary Travers. O trio de cantores e ativistas, iniciado em 1960, teve quase 50 anos de carreira. Depois da morte da cantora Mary Travers em 2009, de complicações de um cancer, Peter Yarrow e Noel Stookey continuaram a se apresentar como um duo com o nome de Peter and Paul.

The playlist identified with the request's playlistId parameter cannot be found.

Influências

Mary Travers mencionava entre suas influências Woody GuthriePete Seeger e The Weavers.[1] Este famoso trio folk fez um tributo a alguns de seus mentores e contemporâneos em seu álbum “Lifeline Concert”, de 2004.

História

O empresário Albert Grossman criou o grupo Peter, Paul and Mary em 1961, depois de uma audição com diversos cantores da cena folk de Nova York.

Após ensaiá-los em Miami, Grossman agendou uma apresentação do trio no The Bitter End, um café popular no cenário folk do Greenwich Village.

Eles gravaram seu primeiro disco, Peter, Paul and Mary, no ano seguinte. O álbum incluía “500 Miles“, “Lemon Tree“, e o hit de Pete Seeger “If I Had a Hammer” (subtitulada “(The Hammer Song)”) e “Where Have All the Flowers Gone??“.

O álbum foi listado no Top Ten da Billboard por dez meses, incluindo sete semanas na posição nº1, e permaneceu pelas próximas décadas um sucesso de vendas estável, vendendo cerca de dois milhões de cópias, ganhando um disco de platina duplo da RIAA só nos Estados Unidos.

peter paul and mary
PETER PAUL AND MARY

Peter Paul and Mary estrearam na televisão em 1961 ou 1962 no talk show PM East/PM West, apresentado por Mike Wallace e Joyce Davidson. Por volta de 1963, Peter, Paul and Mary haviam gravado três álbuns. Todos os três estiveram no Top Tenna semana do assassinato do presidente John F. Kennedy.

Em 1963, o trio folk ainda lançou “Puff the Magic Dragon“, com música de Yarrow e letra baseada em um poema de um estudante da Universidade CornellLeonard Lipton. Embora a lenda afirme que a canção é recheada de referências a drogas, ela provavelmente trata do fim da inocência infantil.[2]

Em 1963, o trio folk apresentou “If I Had a Hammer” na Marcha sobre Washington, lembrada especialmente pelo discurso “Eu Tenho Um Sonho” do reverendo Martin Luther King, Jr.. Um de seus hits mais importantes foi a canção de Bob Dylan “Blowin’ in the Wind“. Eles também cantaram outras canções de Bob Dylan, como “The Times They Are a-Changin‘”; “Don’t Think Twice, It’s All Right” e “When the Ship Comes In“, talvez sua música mais memorável. Seu produtor, Albert Grossman, também era empresário de Dylan. Seu sucesso com a música de Bob Dylan “Don’t Think Twice, It’s All Right” ajudou a projetar o álbum do próprio Dylan “The Freewheelin’ Bob Dylan“, lançado poucos meses antes, para o Top 30.[3]

Leaving On A Jet Plane“, escrito pelo amigo do grupo John Denver, tornou-se seu único hit Top 1 (bem como seu último hit Top 40) em dezembro de 1969, e foi o único single disco de ouro (um milhão de cópias vendidas). “Day Is Done“, Hit #21 em junho de 1969, foi o último hit Hot 100 que o trio gravou.

CONTINUE LENDO AQUI

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DISTO ►

https://oldgold.com.br/johnny-rivers-voce-dancou-com-do-you-wanna-dance/
Johnny Rivers: Você dançou com ‘Do you wanna dance’?

Deixe uma resposta