Picles de Beterraba | Conserva saudável que dura muito

Picles de Beterraba é uma conserva super deliciosa feita com pedaços de beterraba mergulhados em um vinagre levemente adocicado e temperado sem exageros. Aprenda a fazer esta deliciosa conserva de beterraba.

Esconda no fundo de um armário fresco e esqueça. Quando a encontrar, meses depois, estará perfeita para ser consumida acompanhando fatias de carne fria.

Uma ótima receita para fazer e presentear quando surge uma quantidade grande e inesperada de beterraba.

Lave as beterrabas e coloque-as inteiras numa panela. Cubra com água fria e adicione o sal. Espere ferver, reduza o fogo e cozinhe até as beterrabas estarem macias quando espetadas com a ponta de uma faca.

Enquanto as beterrabas cozinham, prepare o vinagre temperado. Coloque numa panela os dois vinagres, o açúcar, a canela, os anises estrelados, as sementes de coentro e mostarda e os grãos de pimenta-do-reino.

Leve ao fogo médio, mexa até o açúcar dissolver e espere levantar fervura lentamente. Cozinhe por 2-3 minutos e tire do fogo.

Quando as beterrabas estiverem cozidas, escorra-as e deixe esfriar até poderem ser manuseadas.

Descasque e corte cada uma em 8 gomos. Volte a aquecer o vinagre até quase ferver.

Adicione a beterraba, a cebola e o alho e cozinhe em fogo baixo por 1 minuto. Com uma escumadeira, tire os pedaços de beterraba do líquido e coloque a conserva de beterraba em vidros esterilizados (APRENDA A ESTERILIZAR AQUI).

Despeje o vinagre temperado por cima até cobrir todos os pedaços e sele imediatamente. Espere esfriar e cole os rótulos.

Este picles de beterraba se conserva por meses numa despensa ou armário fresco e escuro. Depois de aberto, mantenha no refrigerador e use dentro de 1 mês.

RENDE 2 VIDROS GRANDES DE CONSERVA DE BETERRABA

  • 500 g de beterraba (4 médias)
  • 1 colher (chá) de sal
  • 300 ml de vinagre de malte ou de maçã
  • 75 ml de vinagre balsâmico
  • 75 g de açúcar mascavo ou demerara
  • 1 pau de canela
  • 2 anises-estrelados
  • 1 colher (chá) de sementes de coentro
  • 1 colher (chá) de sementes de mostarda
  • 4-5 grãos de pimenta-do-reino preta
  • 2 cebolas pequenas ou
  • 1 média descascadas e fatiadas
  • 2 dentes de alho, descascados e fatiados

As propriedades nutricionais da beterraba

A beterraba, seja em conserva ou como salada é uma fonte excepcional de nutrientes literalmente da raiz às folhas. As suas folhas verde escuro são ricas em cálcio, ferro e vitaminas A e C. A raiz, roxa e doce, é uma excelente fonte de ácido fólico, fibras, manganês e potássio. Para se aproveitar bem a planta o ideal é preparar uma receita com a raiz e outra com a folhagem. Esta pode ser cozida da mesma forma que se faria o espinafre.

A beterraba é utilizada para fins medicinais desde a antiguidade, principalmente para tratar doenças do fígado, pois ajuda a estimular os processos de descontaminação do órgão. A cor roxa da raiz da beterraba vem de um pigmento chamado betacianina um poderoso antioxidante apontado em algumas pesquisas como supressor do desenvolvimento de alguns tipos de câncer.

Por ser rica em fibras, a beterraba exerce efeitos favoráveis ao intestino, prevenindo a constipação e ajudando a reduzir os níveis de colesterol. Ela também traz benefícios ao intestino porque contém glutamina, um aminoácido essencial para a saúde do trato intestinal. Em pesquisas, as fibras de beterraba também se mostraram capazes de aumentar o nível de enzimas antioxidantes no organismo, assim como aumentar o número de glóbulos brancos, que são as células de defesa do nosso sistema imunológico.


Esta imagem possuí um atributo alt vazio; O nome do arquivo é DEDO.png

Caviar Cowboy ou Salada de Feijão Fradinho 🌮

Conserva de Legumes: somente ingredientes saudáveis

Pimentões recheados à mexicana: delicioso e fácil

Deixe uma resposta