Struffoli, o sabor verdadeiro. Lembrança dos Natais

Uma das recordações que tenho até hoje dos Natais da minha infância é do Struffoli Napoletani, um doce de Natal típico de Nápoles.

Como é uma receita bem caseira, várias adaptações são feitas dependendo do gosto de cada um. Por exemplo, o vero Struffoli Napoletani não leva fermento, mas algumas pessoas colocam para deixar as bolinhas de massa mais macias por dentro e ainda crocantes por fora. Aliás, sobre as bolinhas… se você quiser deixar seu Struffoli ainda mais especial, pode ‘enrolar como brigadeiro’ cada um dos pequenos pedaços de massa antes de fritar.

Uma das recordações que tenho até hoje dos Natais da minha infância é do Struffoli Napoletani, um doce de Natal típico de Nápoles.

Como é uma receita bem caseira, várias adaptações são feitas dependendo do gosto de cada um. Por exemplo, o vero Struffoli Napoletani não leva fermento, mas algumas pessoas colocam para deixar as bolinhas de massa mais macias por dentro e ainda crocantes por fora. Aliás, sobre as bolinhas… se você quiser deixar seu Struffoli ainda mais especial, pode ‘enrolar como brigadeiro’ cada um dos pequenos pedaços de massa antes de fritar.

Outra coisa que vai de gosto são quais e como usar as frutas cristalizadas e confeitos na decoração. As frutas mais tradicionais são laranja, cedro e abóbora cristalizados, mas você pode colocar as que mais gostar, como cerejas em calda tipo marraschino, ou mesmo não colocar nenhuma. Também, metade dessas frutas cortadas em pequenos cubos, bem como metade do confeito colorido normalmente são misturados às bolinhas de massa e ao mel ainda na panela (que aliás é minha preferência pessoal), mas tem quem deixe para colocar tudo apenas na decoração do doce pronto, já no prato de servir.

Existem dois formatos mais tradicionais para a apresentação do Struffoli, um em formato de cone ou árvore de Natal, e outro como pudim, com um furo no meio. Como estamos no espírito de Natal vou fazer a árvore, mas se você escolher a segunda opção, posicione um copo no centro do seu prato de servir e vá colocando as bolinhas de massa já cobertas com mel ao redor. Quando o doce esfriar e o mel endurecer, é só tirar o copo e finalizar a decoração.

Espero que o Struffoli passe a fazer parte das memórias de infância de novas crianças… Buon Natale a tutti!!

Se você gostou, assine nosso canal YouTube acima e não esqueça de enviar seu comentário. Grazie!

Ingredientes

Para a Massa
– 400g de Farinha de Trigo peneirada
– 40g de Açúcar
– 50g de Manteiga a temperatura ambiente
– 3 Ovos
– 1/2 cálice (15ml) de Licor de Anis ou Rum
– Casca ralada de 1 Limão Siciliano
– Casca ralada de 1/2 Laranja
– 1 pitada de Sal
– Óleo de Amendoim (ou o óleo para fritura de sua preferência)

Para a Cobertura
– 300g de Mel suave (usei o de Acácia)
– 80g de Frutas Cristalizadas à escolha, cortadas em cubos bem pequenos (usei Cereja e Casca de Laranja)
– 40g de Confeito de Bolinhas de Açúcar Coloridas

Modo de preparo
– Coloque a Farinha peneirada em uma tigela, abra um buraco no meio e acrescente os Ovos, o Licor, o Açúcar, as raspas de Limão e de Laranja, o Sal e a Manteiga a temperatura ambiente.
– Comece a trabalhar a massa partindo do centro, misturando com um garfo primeiro todos os ingredientes líquidos e macios e absorvendo aos poucos toda a farinha. Comece na tigela e termine de trabalhar a massa com as mãos em uma superfície de trabalho, até que fique lisa e homogênea.
– Forme uma bola com a massa, embrulhe em filme plástico e deixe repousar por no mínimo 30 minutos a temperatura ambiente.
– Corte a massa em pequenos gnocchi: faça vários rolinhos de cerca 1 cm de diâmetro e, com uma faca afiada, corte pedaços de 1 cm de comprimento. Disponha os pequenos pedaços sobre uma folha de papel manteiga, tomando cuidado para que não se sobreponham.
– Frite os Struffoli aos poucos, em uma panela com Óleo de Amendoim abundante a temperatura de 170ºC-180ºC, mexendo sempre para fritar todos os lados por igual.
– Quando estiverem levemente dourados, o que deve levar de 1 a 2 minutos (não devem ficar escuros), retire da panela e coloque em um prato com papel-toalha para escorrer o excesso de óleo.
– Espere os Struffoli esfriarem e, em outra panela, derreta o Mel a fogo baixo.
– Quando o Mel estiver derretido, desligue o fogo, acrescente os Struffoli e misture bem até cobrir todas as bolinhas.
– Acrescente metade dos Confeitos de Açúcar Coloridos e das Frutas Cristalizadas cortadas em cubos bem pequenos aos Struffoli e misture bem. Acrescente também eventuais pedaços maiores de Fruta Cristalizada que serão usados apenas na decoração final para que também fiquem brilhantes.
– Transfira imediatamente os Struffoli para o prato de servir e molde-os no formato desejado ainda quentes, antes que o mel endureça.
– Decore com o restante dos Confeitos Coloridos e das Frutas Cristalizadas.

Notas
1) A receita original de Struffoli leva Licor de Anis, mas se preferir pode substituir por Rum, Limoncello, Licor de Laranja ou mesmo não colocar nenhum deles.
2) A receita original napolitana não leva fermento, mas se quiser bolinhas mais macias e leves, acrescente 1 colher de chá (5g) de fermento químico à massa.
3) A receita tradicional só leva Mel na calda, mas se preferir uma consistência puxa-puxa (como uma ‘liga mole’), logo após colocar o Mel na panela, acrescente 1 colher de sopa de Açúcar e fique misturando até que os dois dissolvam (fogo baixo).
4) Usei Cereja e Casca de Laranja, mas você pode usar as Frutas Cristalizadas que mais gostar, sendo Cedro, Laranja e Abóbora as mais tradicionais.

Deixe uma resposta